estratégias-de-marketing
thread da Bowe

O mundo está “em busca”: como isso pode causar um impacto profundo em suas estratégias de marketing

Nos últimos 20 anos o mundo passou por tantas mudanças que muitos empreendedores e profissionais se encontraram perdidos em meio a um mar de novos conceitos, regras, quebra de regras e mudanças nas estratégias de marketing. Mídia paga, mídia orgânica, tráfego, tráfego direto, tráfego de referência, tráfego orgânico, mídias sociais, SEO, são alguns dos conceitos que deixam muitas pessoas confusas, e até mesmo perdidas.

Para uma empresa entrar de vez no universo digital é preciso entender que houve uma mudança significativa no padrão de consumo do mundo todo: os clientes deixaram de ser passivos e se tornaram ativos. Com a expansão das redes sociais, hoje qualquer consumidor também é produtor de conteúdo e divulga sua opinião nesses canais de mídia. O século XXI é considerado por muitos profissionais como “A era da informação”.

Nasci em 1992. Cresci ouvindo do meu pai sobre como fora difícil adquirir a enciclopédia Barsa, e que aquele material seria minha maior fonte de conteúdo em todos os trabalhos escolares. Segurava as enciclopédias e falava delas com muito orgulho. “Aqui você encontra informação sobre tudo”, dizia. Como sempre fui apaixonada por conteúdo, achei aquilo fantástico, e a enciclopédia foi, por muitos anos, minha maior fonte de informação.  

No entanto, conforme a informática e a internet foram se espalhando pelo mundo, foram surgindo novas fontes de pesquisa, e a enciclopédia foi colocada de lado. Isso porque havia surgido uma nova gama de conteúdo, em portais que concentram todas as informações possíveis, sobre qualquer assunto, e que colocam o usuário a apenas alguns cliques de distância dessas informações.

A expansão dos sites de busca, principalmente o Google, foi o principal fenômeno responsável pela mudança nos padrões de consumo. A partir dos buscadores, os consumidores têm acesso a todo tipo de informações sobre um determinado produto ou serviço antes de finalizar uma compra. E dentro desse universo de sites e blogs onde essa pesquisa pode ser feita, está o centro de tudo no marketing digital: o conteúdo.

Em um universo onde todos são produtores de informação, quem se destaca são as empresas que produzem o melhor conteúdo. E, nesse novo marketing centrado no consumidor, o melhor conteúdo é aquele que fornece informações realmente relevantes, educativas, que conquistem aquele visitante e façam com que ele queira voltar sempre ao seu blog em busca de mais conteúdo. Os consumidores, hoje, só compram de fornecedores em que confiam, e a confiança é conquistada por meio do conteúdo.

Mas, apenas ter um excelente conteúdo não é suficiente. Todo blog post, eBook, anúncio, ou qualquer outro tipo de conteúdo deve estar dentro de uma estratégia de marketing. Um conteúdo feito sem objetivo é tempo desperdiçado. Defina seu público-alvo. Escolha bem as palavras-chave. Hoje existem recursos que podem lhe auxiliar nessa tarefa, como o Google Keyword Planner e o Übersuggest. Além disso, uma segmentação bem-feita é um dos principais segredos para obter bons resultados no marketing digital.

Quando visualizações significam possíveis clientes e cadastros significam leads, o Google se torna um jogo muito competitivo, no qual apenas os melhores jogadores conseguem se sobressair – e estarem presentes nos primeiros resultados na página de busca. O interessante é que o jogo se torna um pouco mais justo do que quando se falava em negociar um espaço no horário nobre nos canais de televisão: no Google, a estratégia de marketing é quem vai falar mais alto. Obviamente, verbas maiores potencializam as ações, mas é possível que uma empresa de menor porte consiga resultados expressivos quando possui uma estratégia de marketing bem definida.

O famoso SEO é um conjunto de estratégias e técnicas que podem ser adotadas para aumentar a visibilidade de uma marca e o tráfego de visitantes, de forma orgânica, ou seja, sem investimento financeiro direto (como é feito nos anúncios). Através do uso estruturado de palavras-chave e tags selecionadas dentro do conteúdo (é possível inclusive otimizar os conteúdos que já estão publicados), juntamente com o uso de códigos adequados, é possível aumentar consideravelmente o tráfego orgânico de um blog ou website.

Um dos grandes exemplos de boas práticas de SEO é a Amazon. Ela pratica, desde o princípio, essas estratégias de SEO e o Marketing de Conteúdo focado na experiência do usuário. Esses fatores foram fundamentais para levar a empresa a se tornar uma das gigantes do E-commerce.

O SEO é eficiente, não custa caro, mas não é suficiente. Uma estratégia de marketing digital completa envolve também os anúncios, que são necessários nos casos em que o alcance orgânico não é suficiente para colocar a empresa nos primeiros resultados das buscas. Dois exemplos de estratégias eficientes que aumentam a visibilidade do seu conteúdo são os Links Patrocinados e o Google Adwords.

Um link patrocinado, também conhecido como mídia paga, é a publicidade veiculada em canais onde estão suas personas, ou seu público alvo. Esse canal pode trazer resultados a curto prazo mas, se não forem bem administrados por profissionais de marketing que consigam gerenciar as campanhas por meio de métricas bem definidas, as conversões podem ser reduzidas ao longo do tempo.

Por fim, entra em cena um dos principais canais de compra de mídia online: o Google Adwords. Por meio dele, é possível anunciar diretamente na página de busca do Google, que possui um algoritmo que considera os melhores resultados considerando tanto a compra de palavras-chave existentes nas páginas de destino quanto a pesquisa do usuário, dentre outros fatores. Entender como essa lógica é composta é o desafio principal dos profissionais de marketing.

Além dos anúncios na página de busca, pode-se anunciar também na Rede de Display, ou seja, Banners e pequenos anúncio em texto clicáveis que são divulgados em sites e blogs parceiros do Google, por meio da rede Google AdSense. São ótimos para fazerem anúncios de remarketing, por exemplo.  De forma um pouco semelhante, por meio de banners, também é possível anunciar no Youtube (além dos anúncios em vídeo), o segundo buscador mais utilizado, que já possui o volume de buscas maior do que o de canais como Bing e Yahoo juntos.

Dessa forma, percebemos a importância de se construir uma estratégia de marketing digital bem definida. O marketing em mecanismos de busca é uma das principais ferramentas dentro do universo digital, e possibilita que as empresas atinjam resultados expressivos, independente de seu porte. Não duvide do potencial impacto que o Google pode causar nos seus negócios!

E não se esqueça: assim como conteúdo sem objetivo é conteúdo desperdiçado, anúncios sem objetivo implicam em desperdício de dinheiro! Não deixe que isso aconteça em seu departamento de marketing.

Aqui na Bowe, nos comprometemos sempre a executar estratégias de marketing 360º. Isso implica em entender que as fronteiras online e offline não existem mais, e que o marketing certo é o marketing desenvolvido de forma personalizada para cada cliente, focado em atingir resultados expressivos. Quer fazer parte do novo marketing? Comece agora 

Um comentário em: O mundo está “em busca”: como isso pode causar um impacto profundo em suas estratégias de marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *